Total de visualizações de página

Seguidores

domingo, 13 de abril de 2008

"Cinema Velho", de Lucas Faroca

A homenagem feita por um neto a um avô tem aqui sólida expressão. É que Lucas Froes (mais conhecido na roda da malandragem como Lucas Faroca) registrou em vídeo a grande contribuição de seu avô, Renato Froes, que foi talvez o maior desenhista de anúncios publicitários dos filmes em jornais de Salvador. Antigamente, e não assim em priscas eras, os filmes entravam em cartaz às segundas e sábado, principalmente em A Tarde, o maior jornal soteropolitano, em páginas cheias e inteiras, todos os cinéfilos que se prezavam os consultavam para saber as estréias da semana vindoura. Cinema Velho é a documentação do trabalho de Renato Froes e uma oportunidade de se conhecer o grande desenhista, que aplicava muito de sua cinefilia para tentar criar e sugerir, através dos anúncios, o que se podia, nos filmes, ter como emoção e encantamento.




2 comentários:

Jonga Olivieri disse...

André... tem que ser feita uma exposição do trabalho de Lucas (Faroca) Fróes.
Isso é uma obra importantíssima do "Cinema quando era cinema".
Estou sugerindo, mas não seria o caso de expor o trabalho dele na UFBa?
Ou -- quem sabe -- no saguão de algum cinema.
Creio que você tenha contatos aí em Salvador para isso.

Anônimo disse...

Saía de minha rua, embalado
na bicicleta e passava na
praça do centro da
cidade
para ver o cartaz desenhado do filme
encostado no poste da praça

Oh! que passeio idílico

Ex-cinéfilo