Total de visualizações de página

Seguidores

quarta-feira, 7 de maio de 2008

O segundo "Operação França"

Quando se pensava numa mera continuação, Operação França II surpreende pela desenvoltura do já calejado John Frankenheimer e, por estabelecer, em plena geografia da ação de um thirller, acentos de natureza existencial. Momentos fortes se revezam com momentos fracos, e Frankenheimer, um diretor de reconhecida capacidade artesanal complementa o que William Friedkin apenas começou em seu já eletrizante Operação França, que abalou o alvorecer dos anos 70 com aquela corrida rítimica, a câmera em permanente tensão nas ruas de Nova York. Neste segundo opus, a ação se localiza em Marselha, França, onde Hackman (Popeye) vai para ver se agarra Fernando Rey, que lhe escapou no primeiro filme. Faço um comentário mais extenso hoje no meu blog (http://setarosblog.blogspot.com).


2 comentários:

Jonga Olivieri disse...

Beleza de filme.
Também já postei um comentário no "Setaro's blog", mas não poderia deixar de registrar aqui a homenagem às cenas deste trailer.

André Setaro disse...

O que assusta é perceber que vi "The French connection" pela primeira vez em 1976. Revi-o agora em DVD, mas a impressão do cinema foi mais forte, mais impactual. Há 32 anos. Isto que é assustador, porque penso tê-lo visto na telona "ontem". Filmes "balzaquianos" venho a considerá-los como quase "novos" dentro de meu imaginário. Naquela época, 1976, repetindo, um filme com 32 anos de sua realização era uma produção de 1944 (!!!!!!!).